10 anos de Thor nos Cinemas: 8 fatos por trás do Deus do Trovão nas telas que você precisa saber!

10 anos de Thor nos Cinemas: 8 fatos por trás do Deus do Trovão nas telas que você precisa saber!

No início da semana, nós celebramos os 10 anos de Capitão América: O Primeiro Vingador (2011). Agora, vamos homenagear um outro filme da Marvel que também completa uma década de lançamento em 2021: Thor, o primeiro filme do Deus do trovão no Universo Cinematográfico Marvel, lançado em 2011 e que apresentou para toda uma nova geração o personagem, popularizando-o e abrindo caminho para sua participação em Os Vingadores, que veio a ser lançado no ano seguinte.

Um filme que divide as opiniões dos fãs até hoje, com muitos afirmando que ele trata-se de um dos mais fracos do Marvel Studios, Thor, independente disso, possui seu valor e suas qualidades. Por conta disso, hoje nós destacamos algumas delas e relembramos um pouco da jornada do Deus nórdico até o sucesso nas telas!

Versão anterior do herói

Muitos não sabem disso, porém, Thor já havia feito uma aparição nas telas pregressa à do Universo Cinematográfico Marvel. Isso se deu no filme para TV A Volta do Incrível Hulk (1988), primeiro longa derivado da série O Incrível Hulk, estrelada por Bill Bixby, como David Bruce Banner, e pelo fisiculturista Lou Ferrigno, como Hulk, e que foi ao ar entre 1977 e 1982. Na ocasião, o Deus do Trovão, vivido pelo ator Eric Kramer, está ajudando Bruce Banner na busca de um aparelho capaz de curá-lo da radiação gama.

Thor, Stan Lee e Hulk. Tempo é tudo!

Escalando Chris Hemsworth

Originalmente, Chris Hemsworth quase não foi o Thor. Em seu primeiro teste para viver o herói, ele conta que acabou não passando e até mesmo seu irmão, Liam Hemsworth, chegou também a fazê-lo. Ele só foi aceito em um segundo momento, quando ganhou uma nova oportunidade.

Tom Hiddleston

Tom Hiddleston, que se eternizou no papel de Loki como um dos melhores vilões de todo o Universo Cinematográfico Marvel, em um primeiro momento foi cotado para viver o Thor em si. Porém, foi decidido que ele se encaixaria melhor como o Deus da mentira e ele acabou sendo escalado para viver Loki. Ainda bem…

A semente de tudo

A ideia de fazer um filme de Thor começou ainda no início dos anos 90, com o diretor e roteirista Sam Raimi, que mais tarde se destacaria por levar o Homem-Aranha para as telas, com a trilogia estrelada por Tobey Maguire como o Cabeça de teia. O projeto de Raimi, porém, não foi para frente e somente em meados dos anos 2000, com o início do sucesso estrondoso de filmes de herói e, consequentemente, o início do projeto da Marvel Studios de criar um universo compartilhado nas telas, que o filme começou a tomar forma definitiva.

Diretor

A direção de Thor foi entregue nas mãos de Kenneth Branagh. Antes, ele havia se destacado na função de ator, em filmes como Carruagens de Fogo (1981) e Operação Valquíria (2008). Como diretor, após Thor, ele veio a comandar o Live Action de Cinderela (2015) e Assassinato no Expresso do Oriente (2017), onde ele também atua, dando vida ao icônico detetive criado por Agatha Christie, Hercule Poirot.

Elenco coadjuvante

Thor é mais um caso de filme da Marvel Studios com um elenco coadjuvante de peso. Para viver Jane Foster, o interesse amoroso do herói, a escolhida foi Natalie Portman, que vinha de uma vitória recente no Oscar de 2010, por sua performance memorável como a bailarina Nina, em Cisne Negro. Para o papel de Odin, o pai de todos os deuses, o escolhido foi o veterano Sir Anthony Hopkins, ninguém mais, ninguém menos que Hannibal Lecter (papel que também lhe rendeu um Oscar, em O Silêncio dos Inocentes) e o homem mais velho a receber o Oscar de Melhor Ator, por conta da sua vitória na cerimônia desse ano por seu desempenho em Meu Pai (2020).

Esquerda para direita: Clark Greg (o agente Coulson), Chris Hemsworth, Tom Hiddleston, Kat Dennings (a sarcástica Darcy Lewis), Natalie Portman e o diretor Kenneth Branagh.

Belos visuais

Ainda que seja um dos filmes que mais divide opiniões no MCU, Thor possui um grande ponto positivo e que se destaca na sua produção: Os seus belos visuais, principalmente nas sequências em Asgard, onde foi feito um belo trabalho de figurinos, design de produção e efeitos visuais.

Legado

Dez anos depois, o Thor de Hemsworth apresentado em 2011 se tornou um dos personagens mais amados do MCU. Foram duas continuações, Thor: O Mundo Sombrio, de 2013, e Thor Ragnarok, de 2017, com um quarto filme já em produção, que se chamará Thor: Love and Thunder e tem data de estreia marcada para 2022. O Deus do trovão ganhou cara nova sob o comando do diretor Taika Waititi, que assume o cargo desde Thor: Ragnarok. Além disso, vale lembrar também que o Loki de Hiddleston, que, como dito, se tornou um dos melhores antagonistas da Marvel nos cinemas, ganhará uma série solo própria, com estreia prevista para junho desse ano, exclusivamente no Disney Plus.

Fique ligado no Maratonando POP e nos siga nas redes sociais!

Instagram

Facebook

Twitter

Youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *