Não sabe o que assistir? Clica aqui.

    Mais duas mulheres acusam Jonathan Majors de abuso

    Mais duas mulheres acusam Jonathan Majors de abuso

    3 min.09/02/2024Eriton Claudio

    Mais duas mulheres, Emma Duncan e Maura Hooper, surgiram com acusações de abuso físico e psicológico contra Jonathan Majors em relacionamentos anteriores com o ator. Os relatos foram apresentados em um novo artigo do New York Times.

    O artigo também revela que três membros da equipe de produção de bastidores da série da HBO, Lovecraft Country, na qual Majors atuou em 2020, fizeram uma queixa formal contra ele à equipe da emissora. Duas dessas pessoas foram identificadas como as diretoras de segunda unidade, Jessica Pollini e Lisa Zugschwerdt, enquanto uma terceira não teve seu nome divulgado pelo jornal.

    Segundo o Times, as duas ex-namoradas de Majors submeteram seus relatos para o recente caso de violência doméstica contra o ator, que culminou em sua condenação - com a sentença ainda pendente -, no entanto, ambos os depoimentos não foram admitidos pelo tribunal como evidência.

    Duncan afirma que Majors a ameaçou de estrangulamento e morte durante uma discussão em 2016. Em outro incidente, ele a empurrou contra uma caixa de correio, resultando em lesões nas costas e nos braços. Além disso, em uma terceira ocasião, o ator a derrubou no chão e a cabeceou.

    Hooper, cujo relacionamento com Majors coincidiu com o de Duncan (sem conhecimento mútuo na época), relatou que o ator a proibiu de discutir seu relacionamento com qualquer pessoa e se recusou a acompanhá-la até uma clínica de aborto após ela realizar o procedimento.

    Após o fim do relacionamento, Majors descobriu que Hooper estava envolvida com outro homem que ele conhecia. Em um acesso de raiva, ele a ligou e a insultou, chamando-a de "prostituta", desejando que ela se matasse e ameaçando arrancar seu coração, comparando-o à perda do bebê dela.

    No que diz respeito às acusações feitas contra o ator no set de Lovecraft Country, Pollini e Zugschwerdt afirmam que Majors demonstrou frequentemente comportamento agressivo em relação às mulheres da equipe de bastidores e fez ameaças de violência durante discussões criativas.

    As duas diretoras de segunda unidade se juntaram a uma terceira colega e apresentaram uma queixa formal à HBO, desencadeando uma investigação que levou a emissora a exigir que Majors se desculpasse. No entanto, segundo as duas, o ator classificou os incidentes agressivos como "mal entendidos" durante suas conversas com elas.

    A advogada de Majors, Priya Chaudhry, comunicou ao New York Times que o ator reconhece que seus relacionamentos anteriores tiveram elementos tóxicos, mas nega categoricamente qualquer alegação de violência física e contesta a precisão do relato apresentado pelas diretoras de Lovecraft Country.

    Para mais informações fique ligado no Maratonando POP e nos siga nas redes sociais!

    Instagram

    Facebook

    YouTube

    Confiram também o InstaGeek88

    Anúncio

    Populares

    Anúncio

    Vídeos

    Veja o que você perdeu!